a história

Em 1969 duas instituições – a "Casa dos Rapazes da Cidade" e o "Patronato da Infância" juntaram-se numa só, formando a Casa dos Rapazes. Em 1990, o Ministério da Solidariedade confere finalmente credibilidade aos novos órgãos sociais e a Casa dos Rapazes é registada como Instituição Particular de Solidariedade Social e os seus Estatutos, aprovados por despacho ministerial e publicados no Diário da República, IIª Série, nº14 de 17/01/1997, com efeitos práticos a partir de 02/02/1990.

A 11 de Julho de 2005, um incêndio destrói as instalações tornando a casa inabitável. A Protecção Civil de Lisboa cedeu umas instalações em Marvila, Chelas, onde a Casa dos Rapazes está instalada provisoriamente… há 7 anos! Infelizmente, estas instalações não têm as condições necessárias para acolher os nossos rapazes com um mínimo de dignidade.

Ainda assim, continuamos a trabalhar para acolher, educar e cuidar destes rapazes em perigo, enquanto lutamos para construir a nova casa.


História