como fazemos

O investimento na relação de cada adulto da equipa com cada rapaz é muito forte. O objectivo deste conhecimento mútuo é reconstruir a vida destes rapazes e prepará-los para o retorno à família ou, para uma vida autónoma, já fora da Casa dos Rapazes.

Cada rapaz que entra na Casa passa sempre por um período de adaptação, em que lhe é dado algum tempo e liberdade para entrar na sua nova realidade.

Logo que possível é feita uma avaliação psicológica e de saúde, não só ao rapaz mas também à família, que começa a ser trabalhada logo neste início do processo. A primeira avaliação e o início do estabelecimento da relação vai permitindo conhecer melhor as motivações que estão por detrás do comportamento de cada rapaz.

À medida que o vamos conhecendo melhor, vamos também conseguindo estabelecer as regras mínimas, garantir que vai à escola, que tem um comportamento socialmente aceitável e que não comete actos delinquentes. A verdadeira transformação ocorre à medida que a relação com cada um deles se vai fortalecendo.

Clique no botão e fique a conhecer como é um dia na Casa dos Rapazes.